Kit Tinta Epoxi Mazapoxi M298 Maza

Kit Tinta Epoxi Mazapoxi M298 Maza

Marca: Maza


Por:
R$ 449,90

ou 10x de R$ 58,44 com juros MasterCard - Vindi
Simulador de Frete
- Calcular frete

É uma tinta epóxi poliamida bicomponente indicado para pinturas de alta resistência química e física em equipamentos industriais novos ou usados.

Também indicamos para a pintura de pisos e paredes de concreto e alvenaria que necessitem de uma tinta de alta resistência.

Atende à norma Petrobrás N-1198 tipo 2.

Cores: Munsell ou conforme padrão do cliente.

Acabamento: Brilhante.

RECOMENDAÇÕES DE USO: Pintura de máquinas e equipamentos novos, equipamentos novos ou serviços de manutenção em indústrias diversas, pisos de concreto desempenado, paredes de concreto, alvenaria, estruturas e equipamentos em Aço Carbono, serviços de manutenção sujeitas a ambiente de média agressividade, tais como: indústrias petroquímicas, papel e celulose, etc. 

O produto pode ser utilizado como acabamento em superfícies vitrificadas como azulejo e pastilhas, aplicando o Maza Wash Primer como promotor de aderência.

Pinturas internas de tanques para armazenamento de água potável, produto destinado a ambientes cobertos.

OBSERVAÇÃO: Produto não indicado para piscinas.

Pode ser aplicado em câmaras frias, onde a temperatura não ultrapasse -17ºC.

O produto possui laudo de potabilidade na cor Branco.

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS

• Acabamento ultra resistente;

• Secagem Rápida;

• Durabilidade.

 

EMBALAGEM E RENDIMENTO

 KIT: Componente "A" Mazapoxi M298 II – Galão (2,88 Litros);

• Componente "B" Endurecedor para Mazapoxi M298 II – Lata 1/4 (720ml).

 

• Espessura por demão: 30 micrometros seco.

 

• Rendimento teórico: 11,11 m²/litro sem diluição na espessura de 30 micrometros seco.
Sem considerar os fatores de perda na aplicação.
 
 
• Resistência ao calor: Temperatura Máxima 90ºC.
 
 
• Seco: O produto mantém as suas propriedades físicas e químicas até a temperatura de 90ºC, porém, a partir de 60ºC, poderão ocorrer variações na cor e brilho da tinta.
 

SECAGEM

• 10°C (Pegajosidade) - 2 Horas/25°C (Pegajosidade) 1 Hora/35°C (Pegajosidade) 30 Minutos;

• 10°C (Pressão) - 16 Horas/25°C (Pressão) 8 Horas/35°C (Pressão) 6 Horas;

• 10°C (Final) - 240 Horas/25°C (Final) 168 Horas/35°C (Final) 144 Horas.

 

• OBSERVAÇÃO: Tempo de Secagem mínima para tráfego pesado: 7 dias.

 

• Secagem Repintura:

 

• 10°C (Mínima) - 18 Horas/25°C (Mínima) 8 Horas/35°C (Mínima) 6 Horas;

• 10°C (Máxima) - 24 Horas/25°C (Máxima) 12 Horas/35°C (Máxima) 10 Horas;

 

DILUIÇÃO

• Diluente recomendado - Diluente Epóxi DP-003.

 

Dependendo do método de aplicação, diluir no máximo 20% em volume.

 

Somente adicione o Diluente depois de completada à mistura dos componentes A + B.

 

Não dilua com solventes que não sejam permitidos pela legislação local e nem exceda o percentual de diluição indicado.

 

Excessiva diluição da tinta poderá afetar a formação do filme, o aspecto e dificultar a obtenção da espessura especificada.

 

• Demãos recomendadas: 2 a 3 demãos ou até atingir a expessura da camada desejada.

 

• Vida útil da mistura: 4 horas a 25°C.

• Tempo de indução (25°C): Aguardar 15 a 20 minutos antes da aplicação.

 

• PREPARAÇÃO DA SUPERFÍCIE:

 

A performance deste produto está associada ao grau de preparação da superfície.

Remover completamente óleos, graxas e gorduras aplicando um produto desengraxante ou conforme o método de limpeza com solvente da norma SSPC SP1.

A sujidade acumulada deve ser removida, utilizando uma escova seca e os sais solúveis devem ser removidos, lavando com água doce em alta pressão.

Respeitar o intervalo de repintura do primer, antes da aplicação do acabamento.

Caso o tempo de repintura for ultrapassado, efetuar lixamento.

 

• Nota: Se for ultrapassado o intervalo máximo indicado para aplicação da demão subseqüente do acabamento, se faz necessário proceder lixamento manual/mecânico utilizando lixa para quebra do brilho.

Este procedimento se faz necessário para obter aderência entre as camadas.

 

• PREPARAÇÃO PARA APLICAÇÃO:

 

Mistura: Homogeneizar o conteúdo de cada um dos componentes por meio de agitação mecânica ou pneumática (A e B).

Assegurar de que nenhum sedimento fique retido no fundo da embalagem.

Adicionar o componente B ao componente A, nas proporções (volume) indicadas, sob agitação, até completa homogeneização, respeitando a relação de mistura.

 

• Relação de mistura: 4A X 1B em volume.

 

• FORMAS DE APLICAÇÃO:

 

Os dados abaixo servem como guia, podendo ser utilizados equipamentos similares.

 

Mudanças nas pressões e nos tamanhos dos bicos podem ser necessárias para melhorar as características da pulverização.

Antes da aplicação esteja seguro de que os equipamentos e respectivos componentes estejam limpos e nas melhores condições.

Purgue a linha de ar comprimido para evitar contaminação da tinta.

 

Após efetuar a mistura dos produtos bi componentes, se ocorrerem paradas na aplicação, e estas tiverem o seu pot-life ultrapassado (tinta apresenta variação na sua fluidez), esta não poderá mais ser rediluída para posterior aplicação.

Reforçar todos os cantos vivos, fendas e cordões de solda com trincha, para evitar falhas prematuras nestas áreas.

Quando aplicar por pulverização, faça uma sobreposição de 50% de cada passe da pistola, para evitar que fiquem áreas descobertas e desprotegidas, terminando com repasse cruzado.

 

• Pistola airless:

 

Usar Airless ...................... 60 : 1

Pressão do fluído.............. 2500 psi

Mangueira .........................1/4“ de diâmetro interno

Bico ................................... 0,019“ a 0,023“

Diluição ............................. Max. 5%

 

• Pistola convencional:

 

Pistola ............................... JGA 502/3 Devilbiss

Bico de fluido ..................... 704 FX

Capa de ar ......................... 704

Pressão de atomização ...... 60 a 65 psi

Pressão no tanque ............. 10 a 20 psi

Diluição ............................... Max. 20%

 

• Trincha: Recomendado somente para retoques de pequenas áreas ou “strip coat” (parafusos, porcas, cordões de solda, cantos vivos e retoques).

 

• Rolo: Utilizar rolos de lã de carneiro ou de lã sintética para tintas epóxi.

 

• Nota: Para aplicação por trincha ou rolo, poderá ser necessário aplicar em dois ou mais passes para se obter uma camada uniforme e de acordo com a espessura de película recomendada por demão.

 

• Limpeza dos equipamentos: Utilizar Diluente Epóxi DP-003 Maza.

 

• Nota: Não deixar o produto catalisado permanecer em contato com as mangueiras, pistolas e equipamentos usados na aplicação, pois, para temperaturas acima das descritas na tabela de pot-life, a tinta apresentará variação na sua fluidez e ira endurecer dificultando a limpeza.

Lavar completamente todo o equipamento utilizado.

 

• DESEMPENHO NA APLICAÇÃO:

 

Para um bom desempenho do produto, recomendamos seguir as orientações abaixo:

 

Em pinturas executadas na orla marítima, se expostas à ação de maresia, recomendamos efetuar lavagem com água doce entre demãos eliminado as impurezas depositadas.

Não aplicar o produto após o tempo de vida útil da mistura (pot-life) caso este tempo for ultrapassado.

Recomendamos pintar somente se a temperatura medida da superfície estiver no mínimo 3ºC maior que a temperatura do ponto de orvalho.

 

Poderão ocorrer pequenas variações de cor, aspecto e brilho das peças aplicadas em períodos de umidade relativa do ar elevada, dias de chuvas, em locais com temperaturas baixas ou em situações em que as peças forem aplicadas e colocadas para secar em ambientes externos.

A temperatura do substrato e as condições climáticas e ambientais poderão interferir no tempo de secagem do produto.

Sistemas epóxis podem ter o tempo de cura maior quando expostos a baixas temperaturas.

 

Para cura em temperaturas abaixo de 10ºC, consulte o Departamento Técnico da Maza Produtos Químicos LTDA.

Para melhores propriedades de aplicação, a temperatura da tinta deverá estar entre 21- 27°C, antes da mistura e aplicação.

Não deverá ser aplicado em condições adversas, como umidade relativa do ar (URA) acima de 85%, pois o brilho e a cor poderão sofrer pequenas alterações.

 

Não devem ser aplicadas sobre superfícies condensadas.

Os produtos a base de epóxi são conhecidos por apresentar excelentes propriedades anticorrosivas e baixa resistência à exposição aos raios solares.

Em situações de exposição do filme aplicado a ação de intempéries, apresentará com o passar do tempo uma perda de brilho conhecida como calcinação/gisamento e como conseqüência alteração na sua tonalidade.

 

Lembramos que mesmo sofrendo esta calcinação, o filme não é prejudicado quanto a sua proteção anticorrosiva.

Em superfícies recém-pintadas em contato direto com a água durante o processo de cura, poderá ocorrer manchamentos localizados com alteração na sua cor (mais visível nas cores escuras), retardo na cura e comprometimento do desempenho do produto.

Em pinturas efetuadas variando o método de aplicação de tintas na mesma obra, poderá gerar diferenças de brilho e aspecto final das peças pintadas.

 

• COMPATIBILIDADE DE SISTEMAS E REPINTURAS DE MANUTENÇÃO:

 

Não se recomenda a aplicação direta da Mazapoxi M298 II sobre primer etil silicato rico em zinco, primers alquídicos, tintas a base de alcatrão de hulha e demais primers mono componentes.

Quando a aplicação do acabamento sobre um dos primers acima citados for necessária, recomendamos a aplicação de um produto intermediário adequado.

Em situações onde não se conhece a natureza do primer, recomenda-se testar a compatibilidade da Mazapoxi M298 II em uma pequena área.

 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.